Você está aqui: Início » Profissionais » Referências

R'CYCL

Dados do projecto

  • Edifícios de aço geminados
  • Design 100% flexível
  • Mezzanine para escritórios
VerEspecificações »
Peça de ligação »
Fundações »
Janela »
Pormenor de Ligação com a Pala Lateral »

Ficheiro do projeto

Edifícios de aço geminados

A Frisomat construiu duas estruturas em aço para o centro de reciclagem R’CYCL em Eupen, Bélgica. O edifício Astra, o maior, com dimensões 25 m de largura x 61 m de comprimento e altura lateral de 6 m, tem uma pala na fachada lateral. Foi geminado um pavilhão (modelo Flatrigma) com dimensões 11 m largura x 21 m de comprimento e altura com 6,5 metros de altura. Graças ao sistema Meccano da Frisomat encaixam perfeitamente um no outro.

 

Design 100% flexível.

O edifício Astra, o de maiores dimensões, é usado como centro de triagem e tem 5 portões seccionais nas fachadas para uma máxima flexibilidade. O edifício Flatrigma é usado apenas como escritório. No seu interior, duas portas de entrada de vidro duplo e 13 janelas proporcionam um ambiente de trabalho agradável. Painéis sandwich de 120 mm de espessura isolam a área do escritório. O isolamento no centro de triagem é constituído por painéis sandwich de 80 mm na cobertura e cassetes com isolamento de 90 mm na fachada lateral.

 

Escritórios em mezzanine

Os escritórios, no edifício Flatrigma, do pessoal administrativo do R’CYCL estão localizados no piso superior com 2,70 m de altura. A capacidade de carga da mezzanine é de 300 kg por metro quadrado e o acesso é feito através de escadas de aço projetadas pela Frisomat.

Peça de ligação

  1. Tela PVC  - Membrana da cobertura de plástico termoplástico flexível com 1,5 mm de espessura, em Alkorplan F baseado em PVC-P, totalmente colada em toda a sua extensão e resistente aos raios UV.

  2. Isolamento - Cassetes de isolamento em poliestireno (90 mm de espessura) (valor lambda : 0,035 W/mK, valor-U: 0,27 W/m²K ou Rc = 3,7 m²K/W)

  3. Revestimento em aço - Painéis trapezoidais em aço, qualidade do aço S280GD (perfil TR106; 750 mm de largura com espaçamento de 250 mm entre a repetição do perfil; 0,75 mm de espessura), com espessura de galvanização a zinco de 275 g/m², mais 15μm de poliéster na cor RAL 9002 (branco).

  4. Montagem dos perfis - Perfil em U, de 3 mm, em aço S390, para fixar os painéis sandwich horizontais nas fachadas com juntas escondidas. O perfil em U é colocado sobre a altura de pilar, o que permite que os painéis sanduíche instalados horizontalmente sejam facilmente montados.

  5. Peça de ligação - Peça de ligação interior aos perfis deixando o acabamento da cobertura mais plano, com apenas uma inclinação de 1,72° (inclinação de 3 cm por metro). Aço em S235 de 8 mm de espessura, galvanizada a quente, com a furação standard da Frisomat para uma montagem rápida. 
    O cálculo da capacidade resistente da peça de ligação é complementada por relatórios de ensaios. A dimensão exterior é de 308 mm, de tal modo que a peça de ligação é compatível com as várias secções Sigma S320 até uma espessura máxima de 5 mm.

Fundações

  1. Pilares em aço - Pilares duplos em aço enformado a frio com secção (S320), aço de qualidade S390GD+Z, e galvanização com (275 g/m²).

  2. Isolamento - Cassetes preenchidas com isolamento no seu interior com lã de vidro de 90 mm de espessura. O coeficiente de transmissão (valor Lambda) equivalente a 0,043 W/mK e valor-U (valor de transmissão do isolamento) de 0,41 W/m²K (Rc = 2.42 m²K/W). No final é colocado o revestimento exterior com chapas trapezoidais (TR45).

  3. Ponte Térmica - Camada de isolamento térmico em poliuretano (PUR) entre o plinto e as cassetes, para evitar a ponte térmica.

  4. Parafuso de ancoragem - Ligação articulada (apenas as forças de reação horizontais e verticais são transferidas, não momentos fletores) nas fundações com parafusos de ancoragem M20 e com comprimento de 400 mm. As ancoragens são previamente colocadas dentro do betão das fundações, usando um molde com a posição correta das ancoragens da Frisomat, preparado após efetuado o cálculo das fundações. A geometria e o reforço da base das fundações serão também projectados com base neste cálculo.

Janela

  1. Espuma de PU - O espaço entre o caixilho da janela e a sua abertura é preenchido com espuma PU. Isto evita a entrada de ar frio (ponte térmica) e assegura um melhor isolamento.

  2. Perfis das janelas - Os caixilhos das janelas levam um acabamento com ruptura de ponte térmica, para que a caixilharia e os painéis sanduíche envolventes retenham as suas propriedades térmicas. As aberturas para as janelas são realizadas depois da colocação dos paineis sanduíche nas fachadas. Deste modo, garantimos um posicionamento preciso da janela.

  3. Painel sandwich - Chapa exterior de 0,5 mm na cor RAL9006, com micro-canelagem, por razões estéticas. Chapa interior de 0,45 mm. Os painéis são instalados horizontalmente e fixados aos pórticos com um espaçamento de 4 m; o centro do painel é constituido por 120 mm de EPS (polistireno expandido).

  4. Vedação com mastique - A impermeabilização é assegurada com a aplicação de uma peça de acabamento e mastique vedante em silicone elástico flexível neutro no rebordo superior da janela. Usamos um composto para juntas monocomponente à base de polissiloxano, cuja eficácia é devida à polimerização causada pela humidade.

Pormenor de Ligação com a Pala Lateral

  1. Cobertura com painel sandwich - Painéis Sandwich com isolamento de 80 mm de espessura em polistireno EPS (λ: 0,02 W/mK, U: 0,25 W/m²K, RAL 7022). A Chapa interior tem 0,45 mm de espessura e a chapa exterior tem 0,5 mm. Ambas com a qualidade do aço galvanizado de S280.

  2. Pilar - Pilar duplo em aço enformado a frio em perfil Sigma (S320), aço de qualidade S390GD+Z, galvanização a (275 g/m²).

  3. Isolamento - Cassetes com lã de vidro no interior com 90 mm de espessura, condutividade térmica (valor lambda) de 0,043 W/mK e valor U de 0,41 W/m²K (Rc = 2,42 m²K/W). O acabamento exterior do isolamento é efetuuado com chapa trapezoidal (TR45).

  4. Pala Lateral - Pala de 3 metros, ligando diretamente à asna treliçada existente prolongando-se para fora do edifício. Não é necessário isolamento na pala, pelo que os perfis verticais da asna treliçada da pala são mais compridos com as madres a encaixarem um pouco mais alto. Desta forma, a chapa trapezoidal exterior prolonga-se, como deve acontecer,  dando continuidade ao revestimento do edifício.
    Ao expandir-se, tanto as vigas de cima como as de baixo (perfis C160), mais as verticais e diagonais (perfis C130), voltam a ser usadas na pala com o mesmo sistema. Estas são interligadas através de parafusos simples (M16-T8,8).